Buscar

Notícias

  • 19/11/2019

    São Paulo recebe 8ª edição do projeto Vacaciones Solidárias no Brasil

    A cidade de São Paulo recebe, pela primeira vez, o Vacaciones Solidárias, projeto de voluntariado promovido pela Fundação Telefônica Vivo, que realiza sua oitava edição no país este ano. Entre 18 e 29 de novembro, 13 voluntários de seis países estarão na Centro Social Nossa Senhora da Penha – CENHA, na zona leste de São Paulo – 2 do Brasil, 2 da Espanha, 5 do Peru, 1 do Equador, 2 da Argentina e 1 do Reino Unido.

    O CENHA é uma organização social sem fins lucrativos situada na região Leste de São Paulo, fundada em 1965. É de Utilidade Pública Municipal, Estadual e Federal, tendo como objetivo primordial o atendimento de Pessoas com Deficiência Intelectual e em situação de Vulnerabilidade Social, com mais de 400 beneficiários. O projeto irá beneficiar 187 alunos dos Núcleo Pedagógico e de Apoio, que realizam atividades no período matutino ou vespertino, com faixa etária de 7 a 30 anos.

    A ação ainda contará com o apoio da ASID Brasil (Ação Social para Igualdade das Diferenças) e com o Instituto Conhecimento para Todos. As instituições darão auxílio e apoio necessários para as atividades de inserção do pensamento computacional e introdução à linguagem de programação na rotina social da Pessoa com Deficiência por meio do ProgramaÊ. Trata-se de uma iniciativa da Fundação Telefónica e Fundação Lemann que visa a disseminação do conhecimento de ciências da computação/programação para professores, jovens e crianças, por meio de oficinas que instiguem a cultura digital e o pensamento computacional a partir da programação plugada (uso do computador) e desplugada (sem uso do computador) em busca de prepará-los para o desenvolvimento das competências do século XXI. Para que isso seja possível, criou-se uma plataforma que agrega cursos e conteúdos gratuitos sobre programação desenvolvidos por parceiros internacionais, como Scratch e Code.

    Na instituição, serão realizadas oficinas com diversas práticas para que professores e alunos entendam na prática o poder da tecnologia como ferramenta educacional no dia-a-dia escolar. As duas semanas de atividades do ProgramaÊ no Vacaciones Solidárias serão desenvolvidas pelos voluntários, com base no grau de deficiência intelectual dos beneficiários atendidos pela instituição (que podem ser classificados em grau leve, médio e grave) para a execução das atividades. Serão realizadas oficinas interativas de modo que essas tecnologias sejam aprimoradas na rotina da Pessoa com Deficiência e em seu desenvolvimento psicossocial.

    Criado em 2008 na Espanha, o programa Vacaciones Solidárias começou oferecendo aos funcionários locais uma experiência de voluntariado na América Latina. Depois, incluiu também colaboradores de outros países da Europa. Com o tempo, foi desenvolvida uma metodologia de intervenção para definir os países e os projetos que entrariam no programa. Hoje, as vagas são abertas a funcionários de todo o Grupo Telefónica, de modo que haja troca de conhecimento e cultura. A seleção é feita na Espanha pela gestão global do Programa de Voluntariado da companhia e exige que o colaborador tenha experiência prévia em atividades de voluntariado e nível avançado de espanhol para edição internacional.
voltar
 

© Telefônica S.A.