Vivo abre chamada às empresas brasileiras para avanço do Open Gateway

Inscrições se encerram em 4 de setembro e podem ser realizadas pelo portal do programa.

São Paulo, 30 de junho de 2023 – A Vivo anuncia uma chamada às empresas brasileiras para acelerar o avanço do Open Gateway, iniciativa de inovação global da indústria de telecomunicações, lançada em fevereiro pelo GSMA, com o apoio de mais de 20 operadoras de todo o mundo. A chamada para o Telefónica Open Gateway Early Adopter Program selecionará empresas de todos os portes, em especial aquelas que buscam melhoria em fluxos de antifraude, autenticação e otimização de tráfego de rede. As inscrições podem ser feitas pelo site do programa até 4 de setembro e os negócios selecionados terão acesso antecipado às APIs de rede da Vivo em um ambiente real.

O Open Gateway é uma iniciativa global que busca transformar as redes de comunicação em plataformas intuitivas e programáveis por meio de APIs (Application Programming Interfaces) abertas e padronizadas. APIs são interfaces de aplicações que permitem a comunicação entre diferentes plataformas ou funções da rede, facilitando, assim, o desenvolvimento e a oferta de novos serviços em diversas áreas. A padronização trazida pelo Open Gateway permitirá que os desenvolvedores sejam capazes de oferecer serviços em escala global e com muito mais facilidade.  

Essa chamada representa uma grande oportunidade para as empresas participarem de uma iniciativa global e prioritária para o setor de tecnologia, que impulsionará a experiência de milhões de usuários finais. Inicialmente, no Brasil, a Vivo disponibilizará quatro aplicações focadas em prevenção a fraudes e otimização de serviço. Porém, existe um cronograma de desenvolvimento contínuo de novas funcionalidades a serem expostas via as APIs. 

“Há anos somos uma das principais marcas incentivadoras do ecossistema de inovação brasileiro, investindo e fazendo negócios com startups ou empresas mais maduras. Essa chamada representa mais uma oportunidade de aproximação com Vivo, desta vez podendo participar de uma iniciativa global e prioritária para o setor de telecomunicações. A padronização trazida pelo Open Gateway permitirá que os desenvolvedores atuem em escala global”, explica a diretora executiva B2B da Vivo, Debora Bortolasi.