Telefónica assume compromisso de reduzir em 90% suas emissões até 2030

São Paulo, 22 de novembro de 2023 — Durante a abertura do 14º Workshop Global de Energia e Mudanças Climáticas, realizado no Brasil, a Telefónica anunciou o objetivo de alcançar uma redução de 90% em suas emissões operacionais globais (escopo 1 e 2), além de 56% em toda a sua cadeia de valor. A empresa antecipa, assim, suas previsões ao atingir uma redução de 80% em 2022, oito anos antes do previsto. Este compromisso permitirá atingir emissões líquidas zero até 2040, incluindo a sua cadeia de valor.  

Durante o evento, Maya Ormazabal, Diretora de Meio Ambiente e Direitos Humanos da Telefónica, destacou que é importante acelerar as iniciativas porque a crise climática é urgente e impacta em muitas frentes. “Somos ambiciosos com nossos objetivos, que vão além do Acordo de Paris.  Nosso compromisso é atingir emissões líquidas zero até 2040 em toda a cadeia de valor, assim como neutralizar as emissões de nossas principais operações a partir de 2025. Isso é possível graças ao nosso Plano de Ação Climática, que abrange toda a empresa, a implementação de redes mais eficientes como fibra e 5G, o impulso de energia renovável e a redução das emissões provenientes de combustíveis e gases refrigerantes."  

Joanes Ribas, diretora de Sustentabilidade da Vivo, marca comercial da Telefônica Brasil, destaca que a empresa reduziu suas próprias emissões em 88% nos últimos sete anos, graças ao uso de energia 100% renovável e biocombustíveis em suas operações, além de programas de eficiência e melhoria operacional. "Isso reforça a coerência das iniciativas da Vivo diante de seus principais desafios climáticos".  

Para alcançar o desafio global de emissões líquidas zero até 2040, a Vivo está desenvolvendo um trabalho sólido em sua cadeia de valor, junto aos seus 125 fornecedores mais intensivos em emissões, para que realizem seus inventários e assumam compromissos ambientais.