Vivo mantém crescimento e registra alta de 9,3% no lucro

São Paulo, 25 de outubro de 2022   A Vivo registrou lucro líquido de R$ 1,4 bilhão no terceiro trimestre de 2022, revelando um crescimento de 9,3% em relação ao mesmo período do ano anterior. Os lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortizações (da sigla Ebitda, em inglês) cresceu 12,3%, chegando a R$ 5 bilhões.

O desempenho financeiro da Vivo nesse trimestre é resultado de uma estratégia focada nos negócios core – fibra, serviços móveis e digitais, aparelhos e acessórios – que representam 92% da receita total da companhia, com crescimento de 13,8%. Outro destaque é o aumento de 14,6% na base de clientes, que chegou a 112 milhões de acessos.

“Nesse trimestre, mantivemos o crescimento e evoluímos em todas as linhas de negócios, com resultados consistentes em receita, lucro, Ebitda e excelente geração de caixa. A eficácia da nossa gestão elevou os níveis de investimentos em fibra, cobrindo hoje mais de 22 milhões de domicílios, e acelerou a expansão da rede móvel, com a ativação do 5G em todas as capitais”, explica o presidente da Vivo, Christian Gebara. “Com as principais tecnologias de conectividade, abrimos caminho para uma operação mais eficiente da nossa plataforma de serviços, com a ampliação e desenvolvimento de novas soluções digitais às pessoas e empresas”, completa Gebara. 

A receita móvel total alcançou R$ 8,5 bilhões, com alta de 14,7%. Já o segmento pós-pago segue em destaque, com crescimento de 19,5% na base de acessos e faturamento de R$ 6,2 bilhões, valor 12% superior no comparativo anual. A base pré-paga chegou a quase 40 milhões de acessos e receita de R$ 1,5 bilhão, com aumento de 21,5%. A venda de smartphones compatíveis com o 5G e a ampla oferta de acessórios contribuíram para um incremento de 25,9% na receita de aparelhos. 

Na rede fixa, a receita continuou crescendo e chegou a R$ 3,7 bilhões, com alta de 2,1%, impulsionada pela expansão da rede FTTH, tecnologia que leva a fibra para dentro da casa do cliente. Nos últimos doze meses, a Vivo expandiu essa rede para 71 novas cidades, conectando quase 1 milhão de casas e empresas. A infraestrutura FTTH da Vivo é considerada a maior da América Latina, levando cobertura para 22,3 milhões de residências e empresas em 380 cidades brasileiras.